quinta-feira, 10 de maio de 2012

Coronel da PM de Pernambuco comete suicídio em prédio público



Uma reunião de rotina do Programa Pacto Pela Vida, que aconteceu na sede da Secretaria de Planejamento, na Rua da Aurora, terminou de forma trágica, nesta quinta-feira (10).

O tenente-coronel Marinaldo de Lima, que estaria participando do encontro, morreu após ter efetuado um tiro na própria boca. Segundo informações preliminares, o suicídio teria sido cometido na frente do secretário executivo de Planejamento e Gestão, Bernardo de Almeida. Informações já oficiais indicam que o tenente cometeu suicídio por conta de problemas pessoais e de ordem financeira.

Ele teria ido até a sede da Secretaria procurar um amigo para resolver os problemas, mas depois efetuou o disparo fatal. Ele estava de férias e não participava da reunião. Chegou à paisana e foi realmente procurar um amigo para resolver esses problemas pessoais, quando se matou.

Marinaldo atuava no 13º Batalhão da Polícia Militar, que é responsável pela segurança da região do Cordeiro. Segundo amigos do oficial, ele era uma pessoa calma e admirada pela tropa por sua simplicidade, além da capacidade de resolver problemas em situações críticas. Marinaldo ia completar 50 anos. O coordenador do pacto pela vida nega que o oficial estivesse sendo pressionado.
 
via blog do eduardo dantas

Nenhum comentário:

Postar um comentário