sábado, 26 de maio de 2012

Juiza manda colocar em liberdade acusado de matar mulher a tiros em Jardim do Seridó



Apesar do pedido de prisão preventiva feito pelo delegado Dr. George leão, e pela Promotora de Justiça da comarca de Jardim do Seridó, Dra. Polyreda Madaly, A MM Juíza Dra. Janaina Lobo da Silva Maia, optou pela liberdade do acusado de praticar o homicídio na quarta-feira (23), deixando assim que o mesmo responda processo em liberdade.

A decisão da soltura do acusado caiu como uma bomba na cidade, despertando uma grande revolta na população, principalmente na família da vítima, que ainda chora a perda do seu ente querida de forma covarde e brutal, e que agora são obrigados a conviverem com o sentimento provisório de impunidade.

Resta apenas salientar que a decisão da MM Juíza, foi embasada na nova lei 12.043/2011, e que a liberdade não o livra das punições pelo crime cometido, o que deve acontecer assim que o mesmo enfrentar o júri popular, além do fato do mesmo não poder de ausentar da cidade, sair de casa à noite nem aos domingos e feridos, e se caso seja flagrando descumprindo as restrições para responder o processo em liberdade sua prisão preventiva será decretada imediatamente.

Do Blog: É realmente lamentavel termos que divulgar uma noticia desta.  Um homem que mata sua própria companheia a tiros dentro de casa não merece viver no convivio normal da população Jardinense.
 
Fonte: Barra Pesada

Nenhum comentário:

Postar um comentário