quarta-feira, 16 de maio de 2012

Pedreiro é preso e confessa ter matado mãe e filha em Nova Parnamirim


O pedreiro João Batista Caetano Alves confessou à polícia e à imprensa que matou Olga Cruz de Oliveira Lima e Tatiana Cristina Cruz de Oliveira Lima. Ele está detido na Deprov, onde presta esclarecimentos sobre o crime.

O pedreiro João Batista Caetano Alves confessou à polícia e à imprensa que matou Olga Cruz de Oliveira Lima e Tatiana Cristina Cruz de Oliveira Lima. Ele está detido na Deprov, onde presta esclarecimentos sobre o crime.

João Batista diz ter cometido os homicídios por raiva. Ele conta que havia trabalhado na casa da família em outras eventualidades, e que conheceu Olga Cruz há cerca de seis anos. O pedreiro teria se sentido ofendido pela mulher, quando ela desconfiou que ele teria roubado objetos da casa.

O acusado afirma que cometeu o crime sozinho, apesar da polícia ter prendido também a mulher dele, e a apreendido um adolescente. João Batista diz que matou primeiro Olga, e em seguida Tatiana Cristina, e garantiu que não fez nada contra a menina de dez anos, filha de Tatiana.

Fonte: Tribuna do Norte - Foto: Riva Junior

Nenhum comentário:

Postar um comentário