quinta-feira, 14 de junho de 2012

Homossexual morre com 70% do corpo queimado por namorado no interior da Bahia



Foto de Erick Patrick
Ainda não se sabe o motivo em que levou Edvanio Pereira Pinho (46 anos) atear fogo em seu namorado, Erick Patrick Vila Flor de 36 anos. A vítima teve 70% do corpo queimado e foi socorrido ainda com vida pela equipe da SAMU e levado para o Hospital Regional Dantas Bião. A vítima não resistiu aos ferimentos vindo a óbito.
Essa barbárie aconteceu no interior baiano em Alagoinhas. Os policiais da CETO saíram em diligência a residência 1126 no bairro de Santa Terezinha na rua, Dr. João Dantas. No local prendeu Edvanio Pereira, autor de atear fogo em seu namorado. 
Acusado: Edvanio Pereira Pinho, 46 anos 
Pesa contra Edvanio outro homicídio que aconteceu há 21 anos, na data 06 de outubro de 1991, na rua Dr. João Dantas ao lado de uma igreja evangélica, o mesmo matou um homem de nome Edmundo Marcelo com vários golpes de faca nas costas.

Segundo informações ele ficou com ciumes ao ver Edmundo com a namorada.
Edvanio também é acusado de tentar matar um parente a dois anos atrás.

Um comentário:

  1. Essa criatura é o Demonio em pessoa. Sou irmão de Edmundo Marcelo e afirmo que ele é doente e demoniaco. Se a justiça tivesse sido feita, talvez outra familia não estivesse nesse momento chorando a morte de seu filho.


    Sabrina

    ResponderExcluir