terça-feira, 24 de julho de 2012

APÓS TROCA DE TIROS BANDIDO É MORTO PELA POLÍCIA EM MOSSORÓ



Jonathas Wilamy de Oliveira Queiroz, ""Pomel"" 17 anos de idade, morava na Avenida Rio Branco, no Bairro Alto do Xerem em Mossoró, foi morto por volta de 22 horas de ontem 23 de julho de 2012, após tentar fugir de uma abordagem policial. Segundo informações, Jonathas roubou uma motocicleta, que se encontrava estacionada no cruzamento da Rua Felipe Camarão com a Avenida Rio Branco no Bairro Paraíba em Mossoró. O roubo aconteceu por volta do meio dia. Ele estava em companhia de outro menor. 


À noite eles foram localizados próximo um posto de combustível localizado na Avenida Rio Branco no Bairro Boa Vista, quando se preparavam para mais uma ação criminosa, segundo informações repassadas para a policia militar. Quando os indivíduos perceberam a aproximação da viatura policial, fugiram. Eles foram seguidos pela guarnição e na fuga percorreram varias ruas do bairro Boa Vista e Alto do Xerem e só pararam, quando um deles foi alvejado com um disparo de arma de fogo.

Jonathas, que conduzia a motocicleta foi atingido com um disparo na região torácica. Ele abandonou a motocicleta e tentou se refugiar dentro da cozinha de uma lanchonete, mas não resistiu e morreu no local antes da chegada do socorro medico. Ao lado do corpo da vitima os peritos do Itep encontraram um revolver calibre 38 com quatro munições intactas. O outro envolvido, conseguiu escapar do cerco policial, pulando os muros das residências. “A avó da vitima prestou os primeiros esclarecimentos ao delegado “”José Vieira”“ que estava de plantão, ainda no local do crime. Ela disse que o responsável pelo roubo seria o outro individuo que fugiu. Ela disse ainda que passou toda a tarde mandando que os mesmos abandonassem a motocicleta. O Delegado foi informado que a vitima tinha varias passagens pela policia acusado de roubo e porte ilegal de arma de fogo.

Varias viaturas fizeram o isolamento do local do crime. Uma equipe do Instituto Técnico e Cientifico de Policia, Itep realizou os procedimentos no local e removeu o corpo para o exame de necropsia na sede do órgão. O perito Joaquim Guimarães acredita que o projétil tenha atingido órgãos importantes, causando a morte de Jonathas.

O Câmera.via focoelho

Nenhum comentário:

Postar um comentário