terça-feira, 17 de julho de 2012

Mulher encontrada morta na Redinha é identificada


Família de Renata Faustino não acredita que a jovem tenha cometido suicídio.

Por Sérgio Costa/portal bo
A polícia já tem a identificação do corpo encontrado na manhã da última quinta-feira (12), na praia da Redinha, zona Norte de Natal. Depois de quatro dias, a equipe de identificação do ITEP recebeu na tarde desta segunda-feira (16), os familiares da jovem Renata Faustino Ferreira, de 23 anos.
De acordo com o primo da vítima, um adolescente de 17 anos, Renata desapareceu na noite da quarta-feira quando saiu de casa com destino ignorado. A jovem que era recepcionista de uma escola de inglês da zona Sul, tinha terminado um relacionamento com um estrangeiro e sonhava em morar fora do país.
“Eu não consigo entender o que pode ter acontecido. Ela tava bem, apesar da separação eu não via ela triste por causa disso. Ainda na semana passada ela me disse que queria morar fora do Brasil”, relatou.
O corpo de Renata foi encontrado na beira da praia da Redinha próximo aos pilares da ponte Newton Navarro, o que leva a polícia acreditar em suicídio. No entanto essa hipótese foi contestada pelo tio e uma prima da jovem que conversaram com a reportagem do Portal BO, mas não quiseram ser identificados.
Em meio a tudo um mistério está intrigando a polícia e aos familiares. Um dos primos de Renata recebeu uma mensagem dela no celular enviada pela vítima às 22:27 da quinta-feira. Nesse horário o corpo da jovem já estava no ITEP.
Um agente da polícia civil que acompanhou os familiares de Renata no processo de reconhecimento revelou que a policia investiga também uma outra linha paralela, a de assassinato.
O caso deverá ser investigado na delegacia da mulher da zona Norte de Natal.

Um comentário:

  1. amiga vc vai deixa saudades deus sempre estara com vc.....

    ResponderExcluir