sexta-feira, 27 de julho de 2012

Secretária de Defesa Social de Pernambuco realiza grande operação policial

A Secretaria de Defesa Social, através das Polícias Civil e Militar, deflagrou nesta sexta-feira (27), a operação denominada Rota Final para prender um grupo criminoso com suspeitos de crimes de formação de quadrilha, roubo, furto e adulteração de sinais identificadores de veículos automotores, falsificação de documentos e receptação. A quadrilha agia subtraindo os veículos que tinham seus sinais identificadores adulterados e confeccionavam novos documentos baseados em veículos com características (marca, modelo, ano, cor) semelhantes às dos veículos com restrição de roubo. Posteriormente, tais veículos eram destinados aos receptadores que os revendiam, colocando-os novamente em circulação. 
No total foram expedidos 14 mandados de prisão preventiva, dos quais 02 são referentes a suspeitos que participavam do esquema de dentro do presídio. Outros três suspeitos acabaram sendo detidos ao longo das investigações. A polícia também vai cumprir 15 mandados de busca e apreensão, expedidos pela Vara Criminal do Recife e Comarca de Itapissuma. Um total de 75 policiais civis e 40 policiais militares participam da operação. A ação é deflagrada nos municípios de Camaragibe, Igarassu, Caruaru, Belo Jardim, Lajedo, Jupi e João Pessoa, na Paraíba.
 As investigações foram iniciadas em dezembro de 2012, pelo Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri), através da Unidade de Roubos e Furtos de Veículos. Os presos serão trazidos para a Cordenação de Operação e Recursos Especiais (CORE), na Rua Lourenço de Sá, no bairro de São José. O gestor do Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri), José Cláudio Nogueira vai falar com a imprensa às 8h.

Com informações correspondente Marcos Antonio- repórter policial

Nenhum comentário:

Postar um comentário