terça-feira, 21 de agosto de 2012

Policial Militar e um dos donos da Paratodos são assassinados no Alecrim



Corpo do policial e as marcas dos tiros no para-brisa na altura da cabeça

O empresário Gilberto Tavares, um dos donos da Paratodos, que explora jogo do bicho no Rio Grande do Norte, foi assassinado, na noite desta segunda-feira (20), no bairro do Alecrim. Além dele, um policial militar identificado como Sérgio Santos, que fazia serviço de segurança para Gilberto, também foi executado.
Populares afirmaram que as vítimas estavam comendo churrasquinho em um ponto quase em frente a uma das lojas da Paratodos. Por volta das 20h, o empresário e o policial militar se dirigiram para a caminhonete dele, uma Hillux de cor preta.

Logo após o segurança e Gilberto entrarem no veículo, um homem se aproximou armado e começou a atirar. Foram efetuados vários disparos, principalmente do lado onde estava o policial Sérgio Silva, que acabou morrendo na hora. Já Gilberto Tavares tentou se livrar dos disparos e chegou a se esconder embaixo da caminhonete.
Apesar disso, ele também foi baleado. Após os disparos, o acusado fugiu correndo em direção à Guarita. Ele teria sido auxiliado por outro homem que estava em uma motocicleta. O suspeito teve as características divulgadas por moradores do Alecrim que testemunharam o crime. Ele seria careca e gordo.
Logo após o atentado, a Polícia Militar foi acionada e chegou a socorrer Gilberto Tavares para um hospital, onde ele já deu entrada sem vida. Depois, várias viaturas passaram a realizar diligências, porém, nenhum suspeito foi localizado. O policial Sérgio Silva era lotado no 1º Batalhão da Polícia Militar.

Fonte: PortalBO

Nenhum comentário:

Postar um comentário