sexta-feira, 24 de agosto de 2012

TRÊS HOMICÍDIOS REGISTRADOS EM NATAL EM CURTO ESPAÇO DE TEMPO


Crimes aconteceram na noite desta quinta-feira, em pontos diferentes de Natal.

Por Sérgio Costa e Thyago Macedo
Fotos: Daniel Morais / Portal BO
A noite desta quinta-feira (23) foi marcada por um mistério envolvendo um veículo e quatro criminosos. Em três homicídios, registrados em pontos diferentes de Natal, testemunhas contaram que os bandidos estavam em um Celta de cor preta, levantando a possibilidade de a mesma quadrilha ter feito uma matança pela cidade.
O primeiro caso aconteceu na rua Luiz Felipe, no conjunto Leningrado, nos Guarapes. Lá, o mecânico Weverton Frutuoso de Lima, de 22 anos, foi assassinado com quatro tiros na frente de casa. Ele foi morto por quatro homens que estavam em um Celta preto e se aproximaram da residência.
Os bandidos chegaram a perguntar se a vítima era Betinho e, após a confirmação, um deles desceu e começou a atirar. A ocorrência foi por volta das 22h. Cerca de uma hora depois, a polícia registrou outro homicídio nos Guarapes. Desta vez, a vítima foi Francisco da Silva Pereira, de 27 anos.
Ele era dono do Bar Novo e estava no estabelecimento quando também quatro homens chegaram m um Celta preto. Dois deles desceram encapuzados e atiraram quatro vezes contra a vítima, que morreu no local. Os bandidos fugiram logo em seguida.
 

 
O terceiro caso aconteceu na rua Governador Augusto de Souza, no bairro de Felipe Camarão. Por volta das 23h, quatro homens em um Celta preto abordaram Diego Menezes do Nascimento, de 20 anos. O jovem, conhecido pelo apelido de Peruca, sofreu quatro tiros e também morreu no local.
Como os crimes foram registrados com as mesmas características, a polícia acredita que uma quadrilha de matadores possa ter cometido os três homicídios, provavelmente, em virtude do tráfico de drogas. A princípio, não foi descoberta nenhuma ligação entre as três vítimas.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário