domingo, 5 de agosto de 2012

Um dos oito fugitivos de Alcaçuz era motorista do bando de Valdetário Carneiro



    
Fonte: QTH da notícia via Pm Currais Novos

Os nomes dos oito detentos que escaparam do presídio de Alcaçuz, no município de Nísia Floresta, na noite desta sexta-feira (3), já foram divulgados pela polícia. Um deles trata-se de MARCOS AURÉLIO AMADOR ALVES (FOTO), condenado a 174 anos de prisão.

De acordo com a diretora do presídio, Dinorá Simas, Amador, como é conhecido, fazia parte do bando de José Valdetário Benevides Carneiro, um dos assaltantes mais temidos da região Oeste do estado, morto na madrugada do dia 10 de dezembro de 2003, no sítio Serrote, Zona Rural do município de Lucrécia, após reagir ao cerco montado pelas polícias Militar, Civil e Federal
Segundo informações repassadas pela diretora de Alcaçuz, Amador era motorista do bando de Valdetário Carneiro. “Quando puxamos a ficha dos elementos fugitivos, identificamos o Marcos Aurélio Amador e logo veio à informação de que ele seria o motorista da quadrilha de Valdetário”, confirmou. Amador era o motorista do "Segundo cavalo" da quadrilha, carro usado para ajudar na fuga dos assaltantes.
O detento estava preso desde setembro de 2002 e chegou ao presídio de Alcaçuz no dia 25 de setembro de 2010, depois de ser transferido da Penitenciária Estadual do Seridó, em Caicó. “Ele responde por crime no Artigo 157 e era especialista em roubos”, disse Dinorá.
Além disso, Amador é condenado pela morte do delegado Robson Lira, em Macau, durante um assalto, e por ter baleado o delegado Antônio Teixeira Junior e um sargento da PM.
Ainda segundo a diretora, nenhum dos oito fugitivos foi recapturado. A única ação foi a captura de um detento identificado como Wilson Bento, mais conhecido como Wilson “Coxinha”, mas a prisão deste elemento ainda se deu no interior do presídio. 
“Ele se preparava para subir na teresa quando foi identificado pelos agentes e levado de volta à cela”, disse.
Fonte: Defato/Cidade News Itaú
CONFIRA AS FOTOS DOS DEMAIS FORAGIDOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário