terça-feira, 4 de setembro de 2012

Quatro bandidos estão envolvidos em morte de policiais civis no Rio Grande do Norte

Por Sd Batista

fonte: Tribuna do Norte via Eduardo Dantas

A Delegacia Especializada em Combate ao Crime Organizado (Deicor) vai investigar os homicídios dos policiais civis Jovanês de Oliveira Borges e Antônio Pereira Neto, mortos a tiros depois de confronto com criminosos em São José de Mipibu. De acordo com a Polícia Civil, quatro bandidos participaram do tiroteio, que também resultou na morte do fugitivo de Alcaçuz Marcos Amador, alvejado no peito durante ação da polícia.

De acordo com informações do delegado Frank Albuquerque, da Deprov, os policiais buscavam uma caminhonete S10 de cor cinza que havia sido roubada ontem, em Tangará. Quando encontraram o carro, através de um localizador GPS, na altura do quilômetro 114 da BR-101, em uma estrada carrocável distante 500 metros de um posto de gasolina de São José de Mipibu, os policiais viram uma caminhonete Hilux de cor branca e placa de Picos (PI) em atitude suspeita. Era onde estavam os bandidos.

Antes de serem abordados, os criminosos abriram fogo contra os policiais que estavam em uma viatura da Deprov e dois policiais de Parnamirim que davam apoio à ação. Um dos bandidos, identificado como Marcos Amador, entrou na caminhonete e tentou fugir em marcha ré, percorrendo aproximadamente 50 metros. Ele foi baleado e fugiu para o matagal. Os outros três bandidos fugiram para o lado contrário e não foram localizados.

Na caminhonete utilizada pelos bandidos, os policiais encontraram camisas da Polícia Federal, uma metralhadora e coletes à prova de bala. Não há informações se os policiais encontraram alguma possível identificação dos demais criminosos. Depois de ser baleado, o fugitivo Marcos Amador morreu hoje pela manhã. O policial civil Jovanês de Oliveira Borges foi morto na hora, enquanto Antônio Neto morreu no início desta manhã no hospital Walfredo Gurgel.
 


Nenhum comentário:

Postar um comentário