terça-feira, 23 de outubro de 2012

BRIGA NA SEPARAÇÃO DO PREFEITO DE MACAU RESULTA EM ASSASSINATO


Jamile vitima fatal na briga das mulheres
Uma briga em família acabou com uma mulher assassinada com um tiro na cabeça, disparado por uma adolescente de 16 anos, no município de Macau, Região Salineira do Rio Grande do Norte. A confusão teria começado ontem, quando a jovem, que é sobrinha da ex-mulher do prefeito Kerginaldo Pinto, foi tomar satisfações com a irmã da vítima, que é a atual namorada do gestor público e foi agredida pelas duas. Revoltada, ela teria retornado hoje pela manhã e desferido o tiro contra Jamila de Farias, que morreu a caminho do Walfredo Gurgel, em Natal.
Segundo o delegado de Macau, Antônio Pinto, a jovem estava revoltada com o fato do prefeito ter terminado o casamento com sua tia para viver com a namorada. Ontem, ela foi até a residência nova do prefeito, situada no Centro da cidade, e após um bate-boca com a atual mulher de Kerginaldo, teria sido agredida por esta e Jamila, que estava na casa no momento da confusão.
"É uma briga de família, que começou por causa do fim abrupto de um casamento e terminou na morte de uma pessoa e na detenção de outra. Infelizmente, a mulher baleada morreu a caminho do hospital e a adolescente foi apreendida, acusada de homicídio. As informações que recebi foram de que o crime foi motivado por vingança, por causa da surra que a jovem levou ontem da vítima", explicou o delegado.
Após ter efetuado o disparo contra a vítima, a acusada teria se escondido na casa de parentes, onde foi localizada horas depois pela Polícia Militar, que foi acionada por testemunhas da confusão. O corpo de Jamila de Farias deve levado para Macau, para ser velado e sepultado.
"Vamos começar a ouvir os familiares das vítimas em depoimento ainda hoje, até porque a acusada já foi apreendida e está detida na Delegacia da cidade. Queremos saber onde e como ela teve acesso à arma de fogo, bem como o histórico dessa confusão envolvendo as duas mulheres", explicou o delegado.
Conforme relatos de testemunhas, a jovem teria chegado à casa onde Jamila estava atrás da namorada do prefeito, com quem este teria ido morar logo após o resultado da eleição, no início do mês. Ao encontrar a vítima, ela teria disparado contra a cabeça desta, que foi socorrida com vida para o hospital local e, depois, encaminhada para Natal.
Ao ouvirem o barulho do tiro, as pessoas correram para ver o que estava acontecendo e encontraram a vítima sangrando, ainda com vida. A Polícia Militar e a Civil foram acionadas pelas testemunhas, que se aglomeraram em frente à residência onde aconteceu o crime.
Por: Alessandra Bernardo - Jornal de Hoje /  PM de Macau

Nenhum comentário:

Postar um comentário