segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Jovem de 18 anos é apontado como assassino de oito pessoas em Natal



'Coqueirinho' foi apresentado pela Polícia Civil nesta segunda-feira (01).
Jovem nega maioria das acusações: “Só matei uma pessoa”, defendeu-se.


Jailson (Foto: Rafael Barbosa, do G1)Jailson dos Santos Araújo, o Coqueirinho (Foto: Rafael Barbosa, do G1)
A Polícia Civil doRio Grande do Norte prendeu um jovem de 18 anos conhecido como 'Coqueirinho', que já responde por cinco homicídios ocorridos em Natale, segundo a própria polícia, também suspeito de ter cometido outros três assassinatos. Trata-se de Jailson dos Santos Araújo, detido no final da tarde deste sábado (29) na comunidade do Mereto, na Zona Oeste da capital potiguar.
O policial civil Valdir Freire, chefe de investigação da 8ª DP, revelou que a prisão de Coqueirinho foi realizada em cumprimento a um mandado judicial expedido pela 3ª Vara Criminal de Natal. Ainda de acordo com Freire, o jovem havia sido liberado do Ceduc Pitimbu há seis meses, onde cumpriu medida socioeducativa durante um ano e quatro meses referente a três assassinatos sobre os quais respondeu à Justiça. Jailson foi liberado em abril passado, quando atingiu a maior idade.
Quatro meses depois, ainda de acordo com informações da polícia, Coqueirinho já estava sendo acusado novamente de outros dois crimes. Ele é apontado pela polícia como responsável pelas mortes de Jeilson Rafael, em agosto de 2011, e Marcelo Fernandes, em julho último. Este último, paraplégico.
Coqueirinho conversou com o G1. Ele nega a maioria dos crimes, mas admite ter matado uma vítima, em agosto do ano passado. Com relação ao assassinato de Marcelo Fernandes, ocorrido em julho passado, ele também nega a autoria. "Só me assumo com o que faço. E esse eu não matei. Só matei uma pessoa", afirmou.
Segundo os agentes da 8ª DP, as investigações apontam para a culpa de Jailson nos dois homicídios, motivados por causa de dívidas com o tráfico de drogas. Contra Coqueirinho, a polícia ainda apura a participação em outro três assassinados, os quais Jailson dos Santos teria praticado quando ainda era adolescente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário