quinta-feira, 18 de outubro de 2012

PM registra três assassinatos em um intervalo de 7 horas na Grande Natal


Crimes foram registrados entre as 20h da quarta (17) e 3h desta quinta (18).
Uma vítima tombou em São Gonçalo do Amarante e duas na capital.

Por Sd Batista
Fonte: G1 RN
Noite e madrugada violenta na Grande Natal, segundo a Polícia Militar do Rio Grande do Norte. Em um intervalo de apenas sete horas, três homicídios foram registrados na região metropolitana. O primeiro crime aconteceu por volta das 20h desta quarta-feira (17), no bairro de Jardim Lola, município de São Gonçalo do Amarante. A vítima, Thiago da Silva Gomes, de 20 anos, estava em um bar quando foi surpreendido por um homem que se aproximou e atirou várias vezes. O jovem morreu no local. Com ele, foram encontradas várias pedras de crack.
saiba mais
O segundo homicídio ocorreu uma hora depois, no conjunto Novo Amarante, na zona Norte da capital. Levi Félix do Nascimento, de 26 anos, auxiliar de serviços gerais de um supermercado, foi morto com dois tiros enquanto caminhava ao lado de um amigo. A polícia não tem pistas do suspeito, que também se aproximou de repente e efetuou os disparos.
Um homem ainda não identificado foi a terceira vítima. O assassinato, ainda de acordo com a Polícia Militar, foi registrado já na madrugada desta quinta-feira (18), por volta das 3h. A vítima tombou no conjunto Brasil Novo, também na zona Norte de Natal. Seis homens desceram de um carro, invadiram uma casa onde a vítima dormia, na rua Açude Santa Rita, e lá mesmo o executaram. Familiares se recusaram a identificar o morto, mas admitiram aos policiais que ele era foragido da Justiça.
Nos três homicídios, viaturas da PM realizaram diligências na tentativa de localizar e prender os suspeitos, mas ninguém foi preso até o momento.
Mossoró
Em Mossoró, na região Oeste potiguar, o lavador de carros Reginaldo Bezerra da Costa, de 32 anos, foi assassinado na madrugada desta quinta-feira (18). Segundo a Polícia Militar, o crime aconteceu no bairro Ilha de Santa Luzia, por volta das 4h.
A PM contou que o homem foi baleado no rosto e morreu no local. Não há pistas dos suspeitos. Contudo, a polícia confirmou que há informações de que Reginaldo seria usuário de drogas e já havia sido preso. A investigação será encaminhada para a Delegacia Especializada de Homicídios (Dehom).

Nenhum comentário:

Postar um comentário