quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Polícia Militar pode prender quem desperdiçar água durante carnaval



A Polícia Militar vai coibir o desperdício de água durante os festejos de carnaval na Paraíba, o alerta foi dado pelo comandante do Comando do Policiamento Regional 1 (CPR1), coronel Wolgran Pinto, durante uma reunião com o vice-governador, Rômulo Gouveia, nesta quinta-feira (7). A ação da PM atendendo uma solicitação da Agencia Executiva de Gestão das Águas do Estado (Aesa) devido ao estado de emergência em mais de 80% das cidades paraibanas.

O vice-governador Rômulo Gouveia participou da reunião de monitoramento do Comando de Policiamento Regional da Polícia Militar (CPR1), que abrange Campina Grande, Itabaiana, Guarabira, Cuité e Monteiro, para discutir o esquema de segurança para o Carnaval e eventos religiosos e filosóficos em 112 municípios. O encontro aconteceu 2º Batalhão da Polícia Militar em Campina.

O comandante do CPR1, coronel Wolgran Pinto, informou que mais de dois mil policiais militares vão garantir a tranquilidade dos festejos de Momo. Ele adiantou que a policia vai coibir ainda o carnaval molhado, uma vez que a maioria dos municípios está em situação de emergência por conta da estiagem. “Espero que as autoridades municipais e os foliões sejam conscientes e não utilizem água nas festas de carnavalescas”, ressaltou o coronel.

O tenente coronel Souza Neto, comandante do segundo batalhão, disse que a PM vai abordar as pessoas que estiverem desperdiçando água, por exemplo: uma mangueira jorrando água na rua. Ele disse que os policiais vão determinar a interrupção no desperdício e, caso não seja atendido, o responsável pelo desperdício pode ser preso por desobediência.

Mais PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário