sábado, 9 de fevereiro de 2013

Tenente confunde policiais civis com bandidos e entra em confronto

Uma ocorrência envolvendo policiais civis contra um policial militar foi registrada na tarde desta sexta-feira (8), na rua das Dunas, nas Rocas. O tenente Peixoto estava passando pelo local e avistou um carro preto, com películas escuras, aproximando-se dele. Pensando ser bandidos que o perseguiam, o oficial começou a atirar.

Com isso, os agentes da Polícia Civil, mais precisamente da Delegacia Especializada em Narcóticos, reagiram. Os policiais civis faziam trabalho de investigação em uma viatura descaracterizada, o que teria confundido o tenente Peixoto. O oficial da Polícia Militar é ameaçado de morte e, inclusive, seria alvo de um bandido conhecido como Alexsandro Ferreira Barbosa da Silva, o "Sandro Magão".


No último final de semana, o Portal BO publicou uma matéria em que fontes revelaram que Sandro Magão teria recebido R$ 15 mil para matar o tenente Peixoto. Na ocorrência desta sexta-feira, o oficial da PM foi baleado de raspão no peito e no braço. Ele foi socorrido, levado para um hospital e não corre risco de morte.


Os policiais civis que estavam na viatura descaracterizada não foram atingidos. O caso foi encaminhado para a Delegacia de Plantão da Zona Sul, em Candelária. 

Portal BO

Nenhum comentário:

Postar um comentário