sexta-feira, 8 de março de 2013

Confronto armado mobiliza policiais do destacamento de Areia Branca e do 12ºBPM de Mossoró




Por Sd PM J. Júnior
Fonte: Passando na hora 
Por volta da 22h30 da noite de ontem (07/03/2013), o destacamento de polícia da cidade de Areira Branca foi acionado, informando que elementos estariam trocando tiros na praia de Baixa Grande. A polícia se deslocou para o local e encontraram em uma vala um veículo tipo Montana de cor prata e placa NNV-5478 Mossoró-RN com duas pessoas feridas e o carro completamente perfurado por disparos de pistola e escopeta cal 12.
O motorista da Montana identificado como Severino Neto foi socorrido por uma ambulância local para o HRTM em Mossoró em estado grave, e Silas Laurentino da Silva também baleado foi transferido pelo SAMU para o HRTM.
De imediato foi pedido reforço policial em Mossoró, onde a ROCAM-14 e ROCAM-02 foram informados que três elementos em um Siena de cor branca placa KJR-4221 Vila Flor-RN, era os responsáveis pela tentativa de duplo homicídio, e teriam fugido em direção à Mossoró.
A ROCAM em deslocamento realizou já na entrada de Mossoró abordagem ao veículo suspeito que ao invés de três pessoas apenas dois estariam no carro. Os policiais não contentes resolveram conduzir os dois para Areia Branca, ocasião em que uma das ambulâncias passava com uma das vítimas, mas pela gravidade dos ferimentos teve que seguir caminho para o hospital. Quando a segunda ambulância passou pelo local, onde os policiais estavam com os dois homens no Siena, a vítima de nome Silas reconheceu os elementos como sendo os autores dos disparos, segundo a polícia ele disse "Fernando você cara". A partir daí um terceiro elemento começou a ligar para os acusados pedindo que os mesmo pegasse um veículo Honda Fit de cor prata que estava abandonado em Areia Branca de placa EMG 7683 Mossoró-RN e fosse resgatá-lo em uma placa de sinalização a 10km de Areia Branca. De acordo com o oficial de dia Sargento Alves que também acompanhou a operação algumas mensagens foram recebidas no celular de um dos acusados que estava no Siena, informando que quando o veículo se aproximasse da placa o motorista desse sinal de alerta para a esquerda que ele saia do mato. De posse dessas informações a polícia se dirigiu ao local indicado e chegando lá encontrou o terceiro elemento com uma pistola na mão e um celular na outra, que ao perceber que não era seus comparsas abriu fogo contra a polícia que revidou e o mesmo embrenhou-se pelo matagal. De acordo com os policiais um rasto de sangue pôde ser percebido dentro do mato, "Acreditamos que ele esta bastante ferido" relatou Cabo Renixon. Em uma minuciosa busca dentro do mato os policiais localizaram uma arma Cal. 12, e duas pistolas Cal. 380 com munições deflagradas e intactas. A polícia acredita que depois do crime para despistar a polícia, haja vista o veículo com três pessoas, um deles mandou que os dois seguissem viagem para chegar na limpeza em Mossoró e depois eles voltariam para resgatá-lo. O veículo Honda Fit estava abandonado em uma rua na praia de Baixa Grande. Ainda de acordo com a polícia como eles ainda são da mesma família e vizinhos, o que deve ter motivado o crime, pode ter sido um desentendimento entre eles possivelmente por partilha de algum assalto que eles possam ter realizado.
Os acusados José Maria Dias, 29 anos natural de viçosa-RN, residente no bairro Teimosos em Mossoró já responde na justiça por porte ilegal de arma, Fernando Magalhães Rocha, 24 anos residente Bom Jardim já responde por formação de quadrilha na comarca de Natal no ano 2010, segundo informações repassadas por eles aos policiais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário