sábado, 16 de março de 2013

RP de Assu prende acusado de assaltos em Mossoró




Na madrugada do dia de ontem (15), por volta das 05hs da manhã, o COPOM acionou a RP para atender uma ocorrência de embriagues e desordem no Terminal Rodoviário de Assu.

situação do acusado na chegada dos policiais
Os policiais militares ao chegarem ao local da ocorrência, encontraram o acusado de causar a desordem, já desmaiado, imobilizado e com algumas escoriações pelo corpo e sangrando pelo nariz. Após ouvirem as acusações das testemunhas no local e do proprietário da Lanchonete que teve prejuízos devido a confusão, os PMs conduzirão o desordeiro e uma bolsa que estava em seu poder, ao Hospital Regional para atendimento e avaliação medica.
Os policiais da RP tiveram muito trabalho, pois o desordeiro ao tornar no hospital, causou mais uma desordem e quebra-quebra, resistindo e desobedecendo aos militares tendo que ser sedado pelos enfermeiros.

Material recuperado em poder do acusado
Na bolsa do homem, foram encontrados vários objetos, como Notebook, relógio de pulso feminino e com etiqueta de preço, armação de óculos, lentes de grau em um envelope, com etiqueta de controle de uma ótica de Mossoró, como também outros papeis da mesma ótica, logo os policiais desconfiaram que pudessem ser produtos de roubo ou furto.
De posse do aparelho celular que estava com o desordeiro, os policiais entraram em contato com uma mulher que se identificou como sendo a mãe dele e informou aos policiais seu nome e que ele já tinha passagens pela policia e responde por vários crimes.
Após passar por avaliação médica o desordeiro, agora identificado como sendo “João Ciro Celino Bezerra da Silva”, foi conduzido para a DP e apresentado ao Bacharel Emerson Valente, que entrou em contato com a ótica, e descobriu através de uma funcionaria, que no período da tarde do dia anterior (14), a ótica Florença foi alvo de assalto e que as características do autor do fato batia com a de João Ciro. De imediato Dr. Emerson entrou em contato com o responsável pela DEFUR de Mossoró, Dr. Luiz Fernando, que pediu para que conduzissem o acusado para a sede da especializada para que as investigações iniciadas por lá, pudessem prosseguir.
Foi feito o flagrante por assalto contra João Ciro, e ele agora se encontra a disposição da justiça na Cadeia Publica de Mossoró.

fonte: Blog da força tática assu

Nenhum comentário:

Postar um comentário