sexta-feira, 20 de setembro de 2013

JOVEM PUBLICA QUE VAI SE MATAR EM REDE SOCIAL E CUMPRE O FÁTIDICO ATO EM MOTEL NO BAIRRO ABOLIÇÃO II EM MOSSORÓ

A foto mostra a chegada da polícia no motel


O professor e transexual Oseias Alves de Souza, de Grossos, tirou sua própria vida na tarde desta sexta-feira (20), em um quarto de motel no bairro Abolição II na cidade de Mossoró. O mesmo antes de morrer, postou no facebook a foto e uma carta de despedida e um revólver com várias munições.

Em mensagem no Facebook, o jovem alegou que estava "exausto" da vida e magoado com decepções. "Hoje estou partindo sem volta... Eu simplesmente cansei de tudo... cansei de tentar. Me encontrava exausta e já não conseguia mais fingir.", disse em um dos trechos.

Amigos e familiares entraram em desespero, e tentaram ligar para o celular do jovem, mas sem êxito. Através da foto, foi possível localizar o local onde o professor, possivelmente estaria, em um motel às margens da BR-304, no bairro Nova Betânia.

A Polícia Militar foi acionada ao local, onde realizou a vistoria em vários quartos. De acordo com informações de pessoas próximas ao jovem, Oséias foi encontrado morto em um dos quartos com um tiro na cabeça.

O local foi isolado para os trabalhos de perícia por parte do Instituto Técnico e Científico de Polícia (ITEP). Familiares vieram de Grossos para liberar o corpo.

Veja a carta na integra retirada do Face book:
Hello! Good-bye!


Hoje estou partindo sem volta... Eu simplesmente cansei de tudo... cansei de tentar...

Me encontrava exausta e já não conseguia mais fingir. Cansei de fingir sorrisos e que tudo tava bem... não estava bem.

Eu fui tomada e invadida por mágoas, decepções, desilusões, angústias, tristeza e o pior eu amei demais, quis demais e acabei sofrendo demais.

Ninguém ouse me julgar porque quase ninguém me estendeu a mão ou até mesmo o ombro amigo...contei nos dedos os que estavam ali mas infelizmente eu fiz a minha escolha... Escolhi não mais sentir falta, saudades...resolvi esquecer, apagar tudo e acabar com todo o meu sofrimento.

Nåo ouse me julgar porque cansei dos julgamentos e das pedras que sobre mim foram atiradas. Todos que morrem se tornam bons assim diz o ditado.

Não façam isto comigo... logo eu que tinha tantos defeitos. Eu sei que tentei até então... Fiz o meu melhor e também dei o meu melhor mas nem tudo sai como a gente quer, planejou ou gostaria... muitas vezes é preciso aceitar ou até mesmo engolir seco.

Alguns conseguem continuar e outros não. Hoje eu desisti de mim. A viagem pra mim acabou pois não acredito em outra vida, seja paraíso ou inferno. O INFERNO é aqui. Este mundo, o cruel inferno, dominado e regido pelo egoísmo, egocentrismo, guerra, falta de amor, injustiça, violência, etc E de tudo isto que cansei... Cansei de me importar, cuidar, me doar...cansei de AMAR sem ser amada. Cansei desse mundo e dessa vida.

Desculpas por ter sido uma pessoa ruim, terrível amiga, péssima filha, horrível professora e o pior ser humano...não pedi pra nascer nem muito menos ser considerada um monstro como se eu tivesse algo contagioso...

Nada mais importa...acabou! Não levo nada comigo mas deixo meu abraço mais quente, meu beijo mais saboroso, minha amizade mais verdadeira, meu carinho mais sincero e o meu verdadeiro amor por você, W.C., que foi a pessoa que mais amei.

Desde que te conheci...eu te amei até o momento em que perdi a respiração e parti.
Adeus pra todos. Sejam mais fortes do que eu fui e me perdoem!!!
Danke schön! Bitte schön!
Thank you - Grazie - Obrigada - Gracias - Merci
Oséias de Souza Alves
(Passando na hora).
________________

Um comentário:

  1. Nós somos tão frageis, que as vezes só em ser ouvido muda tudo.

    ResponderExcluir