sábado, 23 de novembro de 2013

Foragido da justiça é preso pela DIVIPOE com vasto material explosivo em Mossoró

Francisco Antônio - kikika disse ter comprado os explosivos em Natal

Material explosivo foi encontrado na casa de Paloma
Agentes da Divisão de Polícia do Oeste-Divipoe,sob o comando do Dr. Renato Oliveira,prenderam no final da manhã desta sexta feira 22 de novembro de 2013,no Bairro Santo Antônio,duas pessoas,um homem e uma mulher com um vasto material explosivo.
Francisco Antônio da Silva Batista vulgo Kikika,31 anos de idade e sua namorada Paloma Diniz Oliveira 25 anos,foram presos em casa nas proximidades da Delfim Moreira.
De acordo com o delegado Renato Oliveira,o material possivelmente seria usado para explodir bancos na região de Mossoró.
Ainda de acordo com o titular da Divipoe,Kikika como é mais conhecido vinha sendo monitorado pela polícia,desde da explosão do BB de Apodí ocorrida mes passado,uma vez que o nome dele apareceu nas investigações.
No final da manhã desta sexta feira,os agentes receberam informações de que Francisco Antônio estaria em sua residência e resolveram sair em deligências no sentido de prendê-lo
Após ser preso o mesmo informou aos agentes da Divipoe que o material estaria escondido na casa de sua namorada
Os agentes se deslocaram até a casa da namorada do acusado e lá encontraram 22 bananas de dinamites,um rolo de fio detonador (estupim).
As dinamites estavam escondidas embaixo do colchão do berço do bebê filho de Paloma.
Os dois foram encaminhados à DP de Plantão,juntamente com o material para os procedimentos na forma da lei.
Francisco Antônio da Silva Batista o Kikika era considerado foragido da justiça e contra o mesmo existem dois mandados de prisão em aberto expedidos pela justiça de Natal.

O Camera 2

Nenhum comentário:

Postar um comentário