quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

BLOQUEIO DA TELEXFREE PODE TER SIDO MOTIVO DE SUICIDIO DE POLICIAL CIVIL DE CAICÓ/RN



O Policial Civil Carlos Magno Menezes Guimarães cometeu suicídio atirando na própria cabeça na manhã de hoje (04), por volta de 07h30, no interior do alojamento da Delegacia Municipal de Policia Civil da cidade de Caicó. De acordo com informações, o Policial que estava enfrentando alguns transtornos psicológicos chegou na Delegacia e após proferir algumas palavras com um colega policial foi até o alojamento onde pegou uma arma de fogo e efetuou um único tiro no ouvido.
De acordo com o agente de plantão Flávio Linhares que conversou com Carlos Magno minutos antes do suicídio, ele chegou, foi até o alojamento e disse que iria matar alguém e após se matar, nesse momento se ouviu o estampido. Ele (Flávio) procurou logo então retirar algumas servidoras que se encontravam no interior da DP e acionou a PM para que pudesse entrar e ver como estava a situação.
A arma utilizada pertencia a Flávio, e estava guardada dentro do alojamento. Carlos Magno estava afastado do serviço da policia civil já fazia alguns meses, por enfrentar sérios problemas psicológicos. Segundo informações de uma prima do mesmo que chegou a delegacia, ele teria vendido um carro e um imóvel para investir na empresa "TELEXFREE" e não teria recebido nada pelo fato da empresa ter sido bloqueada pela juiza, sendo assim teria se desesperado com a grave situação financeira que vinha enfrentando desde então.

Um outro fator apontado por alguns colegas na delegacia é a alta carga de trabalho na DP de Caicó, onde poucos policiais precisam se desdobrar para cumprir sua carga horária, muitas vezes tendo que realizar operações muitas vezes sozinhos. Segundo o investigador Eduardo Lima,o seu colega reclamou algumas vezes desse fato e isso também acabou levando ao afastamento do mesmo.

O comandante do 6º BPM, e vários delegados da região se deslocaram até a 3ª DRP na tentativa de resolver algum tipo de situação, mas infelizmente nada pode ser feito. Carlos Magno deixou mulher e dois filhos.(Miltinho Ferreira).

Nenhum comentário:

Postar um comentário