terça-feira, 15 de julho de 2014

FUGA NA PENITENCIÁRIA EM MOSSORÓ, 4 CONSEGUEM FUGIR E UM MORREU DURANTE A FUGA.


Ildenismar Lopes de Araújo, 22 anos morreu durante a fuga



Um detento da Penitenciaria Agrícola Mario Negocio em Mossoró foi morto na manhã de hoje, 14 de Julho, durante uma fuga. 
Segundo informações, cinco detentos do regime fechado tinham consulta marcada com o dentista para o dia de hoje e antes de serem chamados eles serraram a grade da cela onde ficam aguardando a vez, dentro do setor administrativo, onde funciona o consultório medico.
O detento que veio a obito foi Ildenismar Lopes de Araújo, de 23 de idade, cumpria pena no complexo penal acusado de matar o menino Higor Victor Santos Diniz, de oito anos, e balear Karla Shirley da Costa Gomes, de 30 anos, quando tentava matar o seu desafeto "Edinaldo de Sousa Diniz", no dia 16 de junho de 2011, na Rua Raimunda Uchôa no bairro do Jaime Câmara em Mossoró, no Rio Grande do Norte. Um agente penitenciaria foi socorrido para o Tarcísio Maia baleado na perna. 

Durante a fuga, Ildenismar tentou tomar a pistola de um agente penitenciário. Houve luta corpora e o agente foi ferido na perna com um disparo. Mesmo ferido o agente, conseguiu acertar o preso que ainda conseguiu correr e caiu morto em um matagal fora dos domínios do complexo penal. O agente acredita que outro detento “Jesus Alisson Cavalcante Pereira” de 23 anos, foi alvejado durante a fuga. 
José de Anchieta Fernandes de 36 anos de idade e Jesus Alisson Cavalcante Pereira de 23 fugiram em companhia de mais dois detentos. O responsável pelo controle dos detentos ainda estavam identificando os outros foragidos. 
Ficha de Ildenismar 
Ildenismar Lopes de Araújo, 22, acusado de matar o menino Igor Victor Santos Diniz, de oito anos, no dia 16 de Junho de 2011 no bairro Dom Jaime Câmara e balear Karla Shirley da Costa Gomes, de 30 anos. 
Ele teria ido ao local matar um desafeto “Edinaldo de Sousa Diniz” que segundo informações, trabalhava em um posto de lavagem, próximo de um bueiro, na Rua Raimunda Uchôa, lá mesmo no Dom Jaime e durante o tiroteio, a criança foi alvejada e não resistiu. 
Ele também era responsável por um homicídio em 2007 duas tentativas: Um secretario da prefeitura de José da Penha em 2008 e um Sgt da Policia Militar da cidade de Luiz Gomes em 2009. E a criança Igor morta em Mossoró em 2011. 
No dia 16 de Setembro de 2013, Ildenismar foi condenado em Júri Popular na cidade de Mossoró há 19 anos de prisão no regime fechado da Penitenciaria Agrícola Mario Negocio.(texto o Câmera / Focoelho.com).

Nenhum comentário:

Postar um comentário