domingo, 16 de agosto de 2015

QUATRO DETENTOS SÃO MORTOS DURANTE BRIGA DE FACÇÕES NO PRESÍDIO EM CARAÚBAS

Quatro presos foram mortos e quatro feridos neste domingo (16) durante uma briga entre membros de facções criminosas rivais dentro da Cadeia Pública de Caraúbas, na região Oeste do Rio Grande do Norte.
Os mortos foram identificados como Antônio Edigleidson de Souza, o Ceará, de 27 anos; Genilson Bezerra de Oliveira, mais conhecido como Assuzinho ou Quinho, de 36 anos; Gledstone Clementino Araújo, chamado de Jacaré, de 36 anos; e João Paulo Silva Dias, o JP, de 38 anos.

Após o confronto, que começou por causa da transferência de um interno que faz parte de uma facção para uma ala que é dominada por um grupo rival, os internos se rebelaram e destruíram grades de várias celas. "Houve uma negociação com a presença de representantes da OAB e o controle já foi retomado", informou o delegado Erick Gomes.
Mais cedo, também em contato com o G1, a diretora da unidade havia dito que os internos só encerrariam a rebelião com a presença de representantes da comissão de Direitos Humanos da OAB. “É o que eles querem, uma garantia de que terão a integridade física resguardada", disse Ivna Benevides.
A Cadeia Pública de Caraúbas tem capacidade para 96 internos, mas atualmente possui 170 presos. A unidade, que em maio foi parcialmente interditada pela Justiça, encontra-se impedida de receber novos apenados.(G1/RN/JoãoMarcolino)......... ATENÇÃO AS CENAS AQUI SÃO FORTES.
______________

Nenhum comentário:

Postar um comentário