terça-feira, 5 de julho de 2016

MARIDO MATA HOMEM QUE ESTUPROU SUA MULHER E DEIXA CORPO NA PORTA DA DELEGACIA










Na noite do último domingo (03) um indivíduo de 36 anos foi morto a tiros e deixado na carroceria de um veículo na Delegacia de Polícia Civil de Buritis (328 km de Porto Velho). De acordo com os agentes, uma mulher de 24 anos teria deixado o veículo com o corpo no local e relatou aos policiais que seu próprio marido assassinou o homem após ele ter lhe estuprado e roubado sua roupa íntima no último sábado (02). O casal que mora em Cujubim – RO teria ido até Buritis para se reunir com familiares. Segundo informações, a mulher foi abordada pelo marginal enquanto trafegava sozinha na Linha C-14 onde o criminoso que estava armado parou a vítima, a estuprou e em seguida empreendeu fuga. Ainda segundo informações, após o ocorrido o marido da vítima com a ajuda da esposa e seu cunhado passaram a procurar pelo criminoso nas proximidades onde ocorreu o estupro. Os três foram então até uma residência da região com a desculpa de que queriam comprar uma motocicleta com o estuprador e receberam a informação de onde ele morava. Diante das informações, o trio foi até a residência do criminoso, mas não o encontraram. Horas depois, localizaram o marginal caminhando em uma estrada próximo ao distrito de Vila União onde o marido da vítima entrou em luta corporal com ele e logo em seguida o amarraram, colocaram na carroceria e o levaram até a sua residência. No imóvel passaram a procurar pela roupa íntima que foi roubada da vítima e a encontraram enterrada próximo a residência. O estuprador ainda tentou fugir do local, mas foi baleado por 04 disparos de arma de fogo efetuado pelo marido da vítima. Ele foi atingido nas costas e na região da cabeça onde não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo no local. Seu corpo foi colocado na carroceria do automóvel e o marido ordenou que sua mulher dirigisse o carro até a delegacia e informasse o ocorrido. Dentro do veículo os policiais apreenderam uma garrucha calibre 44. A mulher e o irmão foram detidos na Delegacia de Polícia Civil de Buritis para prestar esclarecimentos ao delegado de plantão e foram liberados após o depoimento. Já o marido da vítima ainda não foi localizado. O corpo do criminoso foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Ariquemes. A Polícia Civil segue investigando o caso e aguarda o acusado se apresentar na delegacia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário