sexta-feira, 28 de abril de 2017

São Rafael: Curraisnovense foi preso acusado de praticar arrombamento em duas lojas no centro da cidade.



Daniel- acusado
     Na manhã de hoje a polícia militar foi informada de um arrombamento seguido de furto em uma loja no centro da cidade. Do local o acusado teria arrombado a porta de vidro e furtado diversas calças e camisas, além de bermudas.


Produtos recuperados

 Uma testemunha presenciou o arrombamento e seguiu o acusado, vendo quando o mesmo sentou-se em frente a uma igreja evangélica. Após sair para chamar o policiamento, o acusado não estava mais no local. Foram feitas várias diligências por parte da PM local na tentativa de encontrar o acusado e um suspeito já havia sido identificado pela polícia. Minutos depois outro proprietário de um comércio percebeu que o seu estabelecimento também havia sido arrombado e do local o arrombador teria levado vários perfumes. 


Produtos recuperados
 
Foi aí que um popular viu quando o suspeito saiu de dentro da igreja e pegado um táxi com destino a Assu, transportando duas sacolas nas mãos. Uma das vítimas conseguiu interceptar o veículo e pediu para que o motorista se dirigisse até o Destacamento policial, onde no local foram encontrados todos os produtos furtados dos dois estabelecimentos.
 O acusado conhecido como Daniel Firmino dos Anjos, residente na cidade de Currais Novos-RN com várias passagens pela polícia daquela cidade por prática de furtos, foi preso e conduzido até a cidade de Caicó para ser responsabilizado na forma da lei.

Obs: Muitas pessoas perguntam e inclusive lançam notícias não verídicas, informando que o Pastor da referida igreja teria sido preso por envolvimento. Isso NÃO É VERDADE! Assim, até o momento,não há nada que comprove tais afirmações. O jovem preso estava na igreja por o referido pastor ter o acolhido, no pensamento que o mesmo tivesse se regenerado. Portanto não divulguem notícias caluniosas e difamatórias, pois pode ser que o(a) senhor(a) seja processado por Calúnia e Difamação e ter que arcar com Danos morais à parte envolvida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário